Gravar no set, ou em qualquer outro locar, é como estar em uma panela de pressão. Aqui vão algumas dicas que vão te ajudar se livrar um pouco do “vapor”.

A vida no set é 100% agitada: há pessoas correndo por todo lugar, você “ouve vozes o tempo todo” — na verdade, é só o seu ponto de rádio — e você luta para conseguir fazer tudo o que precisa ser feito na gravação da melhor forma e sem tomar muito tempo. Pra te ajudar com esse verdadeiro caos, Robbie Janney da Shutterstock montou uma lista de três coisas que você pode — e nós dizemos que você deveria — fazer ou trazer para tornar o dia da sua gravação muito mais fácil. Separamos um vídeo:

(O vídeo está em inglês, clique no ícone CC para ativar a legenda em português)

A lista de coisas que poderiam te ajudar no set é imensa. Com tantas tarefas diferentes a serem feitas em um dia, toda pessoa que trabalha na captação vai sentir a diferença de usar, por exemplo, calçados que sejam mais confortáveis e se sempre tiver à mão canetas ou marcadores e um pedaço de papel, além de outras coisas que sempre estão por aí, jogados. Mas, os itens da lista do Robbie Janney vão atrás de problemas maiores, aqueles que são mais comuns na prática, como transportar equipamentos, despreparo para a gravação e organizar suas filmagens. Então aqui vão as dicas:

• Um carrinho para o equipamento: Arrastar seu equipamento por aí não é uma coisa muito divertida, não acha? É bem ruim — e pode ser prejudicial se o equipamento for seu. Ter um carrinho vai ajudar você a organizar seu equipamento e guardar tudo num lugar mais fácil de acessar, o que também torna as coisas muito mais ágeis — caso seja uma cena que exija maior habilidade. O autor da lista usa um Rock ‘n’ Roller R12 de US$ 179,99 (aproximadamente R$700, em conversão direta), mas se seu orçamento é apertado — como a maioria de nós “audiovisuais” — você pode optar por fazer o seu próprio (santo tutorial não é mesmo?).

• Configuração de câmera já pré-ajustada e montada: parecer — e realmente estar — preparado é sempre melhor do que não estar, e uma coisa simples que você pode fazer e que, com certeza, vai te ajudar quando estiver pronto, ansioso para tudo dar certo e entrar em ação, é pré-ajustar e montar sua câmera. Limpe suas lentes com adequadamente, monte os acessórios, configure o que for necessário para a melhor captação — e faça tudo que você puder para que a câmera esteja a mais preparada possível para que você não tenha que perder tempo fazendo essas coisas quando estiver gravando.

•Uma lista de cenas: essa é uma dica de ouro, justamente porque uma lista de cenas pode justamente economizar muito tempo do seu dia de trabalho — principalmente quando você tem mais de um job no dia e recebe por job feito. Antes de ir para o set de filmagem, leia o roteiro ou o plano de gravações e escreva uma lista de todas as cenas que você precisará fazer no durante o dia da gravação: isso vai ajudar você a controlar o que você fez e o que você não ainda não fez. Assim, as chances de perder alguma cena, ou não fazer algum take fica bem menor, e a sua chance de virar o próximo Tarantino aumenta bastante!

Quais são as coisas que você faz ou traz para o set quando precisa gravar? Quais são as dicas que daria pra fazer as gravações mais fáceis? Conta pra gente nos comentários!

Por V Renée
Tradução e Adaptação por João Leite

Compartilhe:

Comentários