Será que um filmmaker está limitado ao seu equipamento de iluminação? E o será que está limitado ao espaço pra gravar? Se você disse sim para ambas, a técnica de iluminação cross key vai se tornar o barquinho que te salva da tempestade que é a gravação em sets pequenos e com poucos recursos.

Nesse vídeo, Rubidium Wu, da Crismson Engine, mostra como você pode iluminar dois objetos, seja para uma entrevista ou para uma cena de diálogo, usando duas ou três luzes. Confira abaixo:

Mas, por que a cross key é tão boa? Bem, ela é incrivelmente econômica. O que ela faz efetivamente é dar para cada uma das iluminações do set uma função dupla de ação, agindo como luz “frontal-lateral” para uma das partes iluminadas enquanto atua como backlight da outra, fazendo com que você literalmente use metade da iluminação que você normalmente usaria na sua cena pra criar efeito.

Agora, se você gosta de um efeito mais próximo do cinema, ou ainda prefere a aparência mais contrastada que essa configuração de luz produz, então tudo certo! Você já iluminou a sua cena com apenas duas luzes.

Mas, se você quer um efeito um pouco mais suave e equilibrado, você pode adicionar uma terceira luz que vai servir pra preencher ambos objetos iluminados, colocando essa terceira perpendicularmente às duas anteriores, adicionando algum difusor ou algo que distribua melhor a luz para que as sombras possam ser suavizadas, principalmente quando se trata de uma entrevista.

Com essa configuração, se você está usando duas ou três fontes de iluminação, você vai conseguir fazer a maioria (se não todas) das coberturas que você precise para suas entrevistas ou cenas de diálogo, incluindo planos médios de cada entrevistado ou entrevistador, bem como close-ups. E dependendo da posição da sua iluminação, você também consegue captar alguns planos over-the-shoulder — que também dão um toque especial à gravação.

Você já usou o Cross Key antes? Compartilhe com a gente suas dicas e truques com essa técnica nos comentários!

Compartilhe:

Comentários